Blog do Charlie Pereira: Ney Franco tenta tapar sol com peneira com discurso de fortalecimento

Todo técnico tem uma explicação após o jogo. Justificativas e justificativas para mostrar que o time, apesar da derrota, teve uma boa atuação.

A coletiva de Ney Franco na Arena Castelão, que teve a presença das Feras do Kajuru – exclusividade, foi mais uma dessas tentativas para mostra o que aconteceu na sua ótica e que para tentar que isso sirva de consolo para o torcedor.

Afirmar na coletiva, que o Goiás saiu de Fortaleza mais fortalecido, é algo que não tem sustentação.

O time esmeraldino fez um jogo equilibrado no início. Não foi competente quando Michael teve uma grande oportunidade. Veio o castigo com o gol do bom zagueiro colombiano Quinteros.

Na etapa final foi um pecado a bola do Kayke explodir no travessão. O domínio do Goiás era algo programado por Zé Ricardo que armou seu time para contra atacar.

Desta maneira chegou ao segundo gol e fechou o jogo.

Jogar com um jogador a menos (Yago foi expulso de forma justa) foi um problema. Contra o Internacional também foi um problema (expulsão de Leo Sena), mas o time conseguiu reagir e chegou a uma vitória emocionante e importante. Aí sim, o conceito de “fortalecimento”, poderia ser usado.

Não na derrota para o Fortaleza.

Ney sabe que o Goiás precisa de reforços. A diretoria também e o torcedor mais ainda, e não é de hoje. ¨

Tapar sol com peneira não vai ajudar. (Texto Nathália Freitas)