Caiado prometeu pagar piso aos professores a partir de setembro. Agora, avisa que só contemplará 3% da categoria

Em panfleto largamente distribuído aos servidores do ensino público estadual, o Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Goiás (Sintego) escancara a deslealdade do governador Ronaldo Caiado. Diz que ele havia prometido pagar o piso salarial dos professores a partir de setembro, mas quando chegou a hora… Caiado anunciou que só 3% serão contemplados.