EXCLUSIVO Veja a lista dos deputados que mais torraram a verba indenizatória da Assembleia

O deputado Cláudio Meirelles (PTC) está entre os parlamentares que mais gastaram a verba indenizatória da Assembleia Legislativa. Meirelles torrou R$ 184.028,97 de janeiro a julho de 2019.

O deputado Wagner Neto (PROS) aparece também na lista. Ele  gastou R$ 183.726,43. O deputado Diego Sorgatto (PSDB) vem em seguida, com um total de R$ 183.201,33.

Ainda na relação dos deputados que mais gastaram a verba indenizatória constam Karlos Cabral (PDT), que utilizou R$ 182.841,74, e  a deputada Delegada Adriana Accorsi (PT), que gastou o total de R$ 182.799,9.

Major Araújo (PSL) foi ressarcido em R$ 181.311,78. Jeferson Rodrigues (Republicanos) apresentou R$ 181.292,57 de gastos da verba indenizatória, seguido por Charles Bento (PRTB), que teve ressarcimento de R$ 180.44,57.

Dr. Antônio (DEM) torrou R$ 179.860,17 e o deputado Virmondes Cruvinel (Cidadania) gastou o total de R$ 179.506,13.

Paulo Cezar (MDB) usou R$ 177.499,93. Helio de Sousa (PSDB) foi ressarcido em R$ 170.285,33.

Henrique Cesar (PSC) gastou o total de R$ 166.913,60 e o o deputado Henrique Arantes (PTB) utilizou R$ 160.798,96 de janeiro a julho.