Violência: mulher espancada por personal trainer está sem movimento no braço

A veterinária que foi espancada pelo namorado, um personal trainer da mesma idade, disse que só sobreviveu aos vários golpes que sofreu “pela graça de Deus”. Câmeras de segurança flagraram o momento em que ela leva socos, chutes e tem a cabeça batida no chão, em uma praça perto do condomínio onde mora, em Goiânia. O então namorado da vítima, Murilo Morais, está preso.

“Estou viva pela graça de Deus. Ele batia só na minha cabeça. Foi chute, murro. Tive uma fratura completa no rádio e ulna [ossos do antebraço]. Iniciei minha fisioterapia, estou sem movimento do meu braço esquerdo. Tive um corte no supercílio, teve que dar ponto. Graças a Deus eu não tive nenhuma lesão na cabeça mais grave, mas foi muito violento”, afirmou a mulher ao G1 Goiás.

Veja a matéria completa