Crise na saúde: servidores do Credeq estão sem salário e cobram Caiado. Veja vídeo

Mais uma crise grave na saúda estadual, gerenciada por Caiado e o secretário mauricinho Ismael Alexandrino: servidores do Credeq estão sem salário e protestam. O Credeq é o centro de atendimento aos dependentes químicos, criado por Marconi Perillo. Os servidores afirmam que o centro não recebe a devida atenção do atual governo. Os salários estão atrasados, ambulâncias ficam sem combustível e faltam materiais para o trabalho diário.

Veja abaixo o protesto: