EXCLUSIVO: UEG pode chegar ao final de 2020 com apenas nove campi. Será a morte da universidade

O Goiás 24 Horas analisou detidamente o documento produzido pela comissão responsável por produzir uma proposta de reestruturação da Universidade Estadual de Goiás (UEG) e a conclusão a que o blog chegou é aterradora: a universidade pode chegar ao final de 2020 com apenas nove dos atuais 42 campi.

Para 18 deles, o fim já está decretado. Para outros 15, o governo deu ultimato para que reorganizem (sabe-se lá como e com que dinheiro) até o fim do ano que vem para que não fechem as portas também. No cenário em que a UEG chega a 2021 com apenas nove unidades, elas seriam: Formosa, Porangatu, São Luís dos Montes Belos, Anápolis, Morrinhos e Quirinópolis. Até o campus de Goiânia está na corda bamba.