Bruno Peixoto acalentava sonho de ser prefeito de Goiânia, mas entra para história como coveiro da UEG

Investido na desonrosa missão de líder do governo Caiado na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Bruno Peixoto (MDB) vê aos poucos o sonho de ser prefeito de Goiânia naufragar. Bruno foi o articulador da aprovação do projeto que tirou R$ 500 milhões da Educação. A UEG foi mortalmente ferida: dos 42 campi, 18 fecharão as portas de imediato e 15 provavelmente no ano que vem. Neste segundo grupo está o campus de Goiânia… terra de Bruno Peixoto.