Em pronunciamento deprimente, Oséias Varão se posiciona contra Fundo Especial da Câmara e é derrotado

Em um pronunciamento deprimente, marcado pela defesa do agachamento da Câmara de Goiânia às vontades do prefeito Iris Rezende (MDB), o líder do governo Oséias Varão (PSB) se manifestou nesta quinta-feira (26) contra a criação do Fundo Especial para o Poder Legislativo.

Para Oséias, a Câmara de Goiânia não pode ser um poder independente e autonômo. Ele defende que a Casa “economize” recursos e os devolva para a Câmara.

A vereadora Sabrina Garcêz (sem partido) rebateu Oséias cobrando que a Prefeitura preste contas dos recursos devolvidos, o que nunca ocorreu.

A proposta foi aprovada com apenas 3 votos contrários – além de Oséias, Paulo Daher (DEM) e Sargento Novandir (Podemos) votaram contra. Andrey Azeredo (MDB), que também é contra o fundo, faltou à sessão porque está viajando para Foz do Iguaçu.