Deputado Amauri esconde régua que usa para medir inimigos e defende festa de Caiado no Palácio

Desprovido da régua da moralidade que usa para medir inimigos, o deputado estadual Amauri Ribeiro (Patriota) subiu à tribuna para defender a festa que o governador Ronaldo Caiado (DEM) fez no Palácio das Esmeraldas – privativa à sua família – para comemorar os seus 70 anos na noite da última quarta-feira, com dinheiro público. “Ele tem todo direito de usar o Palácio para fazer festa”, afirmou Amauri.

O blog mostrou ontem que Caiado usou inclusive músicos da orquestra sinfônica do colégio estadual Basileu França, que recebem salário do governo.