URGENTE Goiás Parcerias exige que escritório de advocacia devolva R$ 177 mil recebidos de forma irregular, diz jornal

Segundo o Jornal Opção, o presidente interino da Goiás Parcerias, Heitor Camargo, expediu uma notificação para o responsável pelo escritório de advocacia contratado irregularmente pela gestão anterior exigindo a devolução dos R$ 177 mil que foram pagos ao advogado como forma de adiantamento, segundo consta no contrato.

A medida é amparada pela Controladoria Geral do Estado (CGE).