É revoltante: indústria da Cargill que produz algodão paga só 0,37% de imposto em Goiás

São revoltantes os números apresentados pelo relator da CPI dos Incentivos Fiscais, deputado Humberto Aidar, durante o depoimento da representante da Cargill, Liliana dos Anjos Thomé. Aidar revelou que a indústria da Cargill que produz algodão na Cargill paga só 0,37% de imposto em Goiás. Vale lembrar que qualquer microempresa no Brasil paga uma alíquota de, no mínimo, 5%.