Lêda Borges apresenta projeto para beneficiar pessoas surdas em Goiás

A deputada Lêda Borges (PSDB) quer que seja criado um serviço de intermediação em Libras/Português/Português/Libras, denominado Central de Intermediação em Libras (CIL-GO), por meio de videochamada no estado de Goiás. Nesse sentido, ela apresentou o projeto de lei n° 5753/19, que está na Secretaria de Apoio Legislativo.

Se aprovado o projeto, o serviço de intermediação disponibilizaria um profissional qualificado para mediar, em tempo real, a comunicação com outras pessoas por meio de celulares ou tablets. Os profissionais da Central de Interpretação de Libras (CIL-GO) fariam a tradução simultânea das conversas, em voz ou texto, utilizando a câmera dos equipamentos móveis.

De acordo com a deputada, a propositura pretende alcançar a igualdade de informações entre os cidadãos com deficiência auditiva e os demais. Desta forma com a instalação do sistema, a equipe de atendimento do estado de Goiás poderá atender o público surdo em tempo real, promovendo o cumprimento dos direitos e inclusão das pessoas com deficiência.