Sindsaúde discute condições de trabalho de agentes de saúde na Prefeitura de Anápolis

Assembleia realizada no auditório da Colégio Estadual Professor Faustino tratou da falta de condições de trabalho apontada pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Combate a Endemias (ACE) e inconsistências no cadastro de visitas levantadas pela prefeitura. Ao final do encontro que ocorreu na última sexta-feira (27), os trabalhadores aprovaram encaminhamentos que serão levados à gestão municipal.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) emitiu um relatório em que alega incoerências na digitação de fichas de visitas. A gestão cobrou uma força tarefa para realizar às correções necessárias dos cadastros e as digitações ainda pendentes sob penalidade inclusive de corte d

Por outro lado, os agentes apontam falta de condições de trabalho o que tem inviabilizado o devido cumprimento das metas. Atribuições que não estão previstas no cargo, sistema com falhas frequentes e falta de capacitação são algumas das dificuldades enfrentadas no cotidiano desses trabalhadores.

Ficou definido que será criada uma comissão para discutir a melhoria das condições de trabalho com SMS. Na ocasião, também serão apresentadas propostas que viabilizem a devida regularização dos cadastros de residências.

Além da presidenta do Sindsaúde, Flaviana Alves, as diretoras Eliane Cândido e Lívia Tavares coordenaram a assembleia.