Enquanto fecha escolas e nega o piso salarial dos professores, Fátima Gavioli compra 7.350 pacotes de café

Enquanto nega progressão e piso salarial aos professores, a Secretaria da Educação está comprando 7.350 pacotes de 500 g de café torrado e moído.

Valor da compra do cafezinho de Fátima Gavioli: R$ 76.734,00.

É muito café para uma pasta que fecha escolas e pisoteia conquistas históricas dos trabalhos em Educação.

Em tempo: o pregão eletrônico foi adiado por alguns dias, mas a compra está programada.

diario_oficial_2019-09-27_pag_8