Antes de aderir, Lúcia Vânia criticava “viés político-partidário” no jeito com que Caiado lidava com questões de Goiás. Veja

A ex-senadora Lúcia Vânia (PSB), que aderiu ao governo Caiado em troca do cargo de secretária de Desenvolvimento Social, criticava há até pouco tempo o “viés político-partidário” no jeito com que Caiado lidava com questões de Goiás. Em um trecho de entrevista publicado no site Brasil 247 há quatro anos, por exemplo, Lúcia condena o esforço do hoje governador para barrar a venda da Celg: “É um posicionamento que envolve viés político-partidário muito ruim para o Estado. Na verdade, não pode existir um brasileiro que admita que trocar uma dívida cara por uma dívida mais barata seja errado. E ele (Caiado) fez isso com a obstrução na medida provisória. Nós já perdemos R$ 150 milhões”. Clique aqui para acessar a reportagem no Brasil 247.