Renatim e Filemon batem no POP e dizem que “seria anormal eleitor responder que não quer o novo”

Dando até a impressão de que são um só, o publicitário Renato Monteiro e o jornalista (pró-PMDB, em especial pró-dona Iris) Filemon Pereira batem pesado na edição deste domingo de O Popular, em que uma pesquisa Serpes mostra que o eleitor deseja o “novo” na eleição para governador e logo em seguida demonstra que esse mesmo o eleitor prefere os nomes “velhos” que estão colocados na disputa.

Sem comentários, melhor ver os posts:

Renato Monteiro @Renato_monteiro

Na pesquisa @serpes_ @jornal_opopular o eleitor quer o novo. Mas quando o “velhinho” é colocado na disputa, cai o número dos que anulariam.

Para um eleitorado que quer o novo, percentuais dos “velhos” “ultrapassados” ficaram altos. Na eleição o voto é obrigatório Em pesquisa, não

Parafraseando Nelson Rodrigues: todo eleitor deveria ter 50 anos ou mais.

Pesquisa @serpes_ @jornal_opopular para enfatizar que “eleitor quer o novo” deve ter feito pergunta aberta. Na atual conjuntura…

 

Filemon Pereira @filemonpereira

Com os cenários montados, porém, Iris e Marconi são os mais lembrados. Depois Vanderlan. Tal como a eleição de 2010. Nada de novo.

O Popular apostou que o eleitor quer O NOVO. Mas foi estimulado a dizer isso em duas perguntas. Anormal seria dizer que não quer o novo.