A primeira vítima da pesquisa Serpes: candidatura de Iris em 2014 está morta e sepultada

Parece uma contradição.

O ex-prefeito Iris Rezende lidera alguns cenários e tem o melhor índice entre os pré-candidatos da oposição, mas, apesar disso tudo foi abatido pelo resultado da pesquisa Serpes/O Popular.

Por quê?

Para se consolidar de vez como o candidato da oposição e até mesmo do PMDB, Iris deveria ter aparecido no levantamento com um índice bem acima do que teve.

Existem, hoje, sérias dúvidas sobre a saúde e a disposição física do peemedebista para enfrentar Marconi Perillo.

Iris está perto da casa dos 80 anos e não é fácil acompanhar o ritmo do governador, todos sabem.

Além disso, contra o ex-prefeito pesa também a histórica e recorrente má vontade em ajudar os candidatos proporcionais ou levantar recursos para a estrutura de campanha.

Como tudo isso contra, somente uma frente confortável sobre Marconi colocaria Iris como uma opção irreversível.

Do jeito que saiu na pesquisa, a candidatura Iris está morta e sepultada.

Só falta a publicação do convite da missa de sétimo dia.