Presidente do Sindipúblico denuncia: Caiado não ouviu servidores sobre a Reforma da Previdência

Em entrevista ao site Mais Goiás, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Goiás(Sindipúblico), Nylo Sérgio, afirma que os servidores não podem pagar a conta “tendo em vista que já contribui com a maior alíquota do Brasil”. “Sabemos que é preciso combater o déficit, mas essa conta não pode ser transferida para o servidor”, disse.

Segundo ele, o governador Ronaldo Caiado (DEM) convocou reunião com representantes do legislativo e judiciário, mas não tentou contato com representantes dos servidores. “Ontem (quinta-feira) não tinha ninguém que represente a categoria. A discussão não pode ser conduzida dessa forma porque os servidores serão os mais afetados.

Para Nylo, é preciso discutir novas alternativas. “Há milhares de contratos temporários que não contribuem com o fundo previdenciário, por exemplo. O Estado também deixa de arrecadar mais de R$ 8 bi anualmente com incentivos fiscais a grandes empresas. Não é justo o servidor arcar com isso. Queremos ver a proposta porque até o momento não foi apresentada para nós. Mas adianto que vamos lutar contra injustiças e prol dos nossos direitos”, concluiu.