Ação do MP que proíbe prefeitura de Anápolis de renovar do contrato com Saneago complica vendas das ações da empresa

A ação do MP que proíbe prefeitura de Anápolis de renovar contrato com Saneago complica vendas dos 49% das ações da empresa, conforme projeto de lei do governo Caiado que tramita na Assembleia Legislativa.

Sem contrato do município, que é um dos três mais expressivos rentáveis da empresa ao lado de Goiânia e Aparecida de Goiânia, a venda das ações perde o interesse para os investidores.