Em live, Bolsonaro nega envolvimento no caso Marielle e ataca a Globo: “Canalhas”

Segundo a Veja, “bastante exaltado, o presidente Jair Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo no Facebook para falar sob re a reportagem da TV Globo que cita seu nome na investigação do caso Marielle Franco. A Polícia Civil do Rio de Janeiro teve acesso ao caderno de visitas do condomínio Vivendas da Barra, na Zona Oeste do Rio, onde têm casa o presidente e o ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado da morte da vereadora do PSOL. No dia 14 março de 2018, horas antes do crime, o ex-PM Élcio Queiroz, outro suspeito do crime, anunciou na portaria do condomínio que iria visitar Jair Bolsonaro e acabou indo até a casa de Lessa, segundo informações divulgadas pelo Jornal Nacional nesta terça-feira”.