Caso Marielle: Bolsonaro aciona Moro para porteiro prestar depoimento à Polícia Federal

Informa Luciana Amaral do UOL, em Riad, na Arábia Saudita, que “o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou hoje estar conversando com o ministro da Justiça, Sergio Moro, para que o porteiro de condomínio onde mantém residência no Rio de Janeiro possa ser ouvido novamente em depoimento na investigação que apura a morte da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL), mas pela Polícia Federal.