Contra Dilma, médicos se reúnem em Goiânia para nova rodada de protestos

A guerra entre os médicos e a presidente Dilma Rousseff continua. Está marcada para 17 horas desta quinta-feira nova manifestação da categoria em Goiânia. A concentração ocorre a partir das 17 horas, na praça do Bandeirante.

A promessa é de muito barulho por conta de medidas polêmicas tomadas por Dilma, como o veto a dez pontos do Ato Médico, o recrutamento de profissionais de saúde estrangeiros e a adoção do regime obrigatório de estágio de dois anos no Sistema Único de Saúde para estudantes de medicina.

“As entidades médicas conclamam a categoria para participar e divulgar o movimento, que faz parte de uma séria de ações nacionais contra as medidas impostas pelo Governo Federal à classe médica”, diz o comunicado.