Montadoras de carros lutam para não perder mamata dos incentivos em GO: Mitsubishi paga 0,28 de ICMS e CAOA paga 0,24. Qualquer microempresa paga 1,5%

Nesta segunda-feira, quem depõe na CPI dos Incentivos Fiscais é o vice-presidente da empresa que representa a Mitsubishi e a Suzuki em Goiás, Ailton Bonfim. O relator da CPI, Humberto Aidar, aproveitou a presença de Ailton para dar números impressionantes sobre o setor automobilístico em Goiás: a Mitsubishi paga hoje 0,28% de ICMS, enquanto outra grande montadora, a CAOA, paga 0,24%. Qualquer microempresa paga 1,5%. Por aí dá para entender porque os empresários estão se movimentando tanto para que não haja mudanças na mamata dos incentivos.