Falha no presídio de Anápolis acaba colocando em liberdade detentos perigosos

Um erro acabou colocando em liberdade nesta segunda-feira (04) dois detentos perigosos membros de facção criminosa, que haviam sido presos a pouco mais de um mês pela CPE, suspeitos da pratica de homicídios em Anápolis dentre outros crimes. A informação é do site AnápolisNotícias.

Os detentos identificados como Gustavo da Luz Faria, de 20 anos, e Jefferson de Andrade Godoi, de 24 anos, saíram pela porta da frente do Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz llc.

Os dois receberam um alvará de soltura por um dos crimes praticados, mas havia outro mandado de prisão preventiva que não constava no sistema. Quando caiu no sistema, os dois já haviam sido liberados.

Ainda não se sabe se foi uma falha do sistema ou erro humano. Agora a Polícia trabalha para tentar recapturar os dois.

Segundo a Polícia Civil, os dois são apontados como autores do homicídio qualificado de Daniel Santana Ribeiro, de 21 anos, ocorrido em 30/09 no Parque Calixtópolis.

Na ocasião eles chegaram a gravar a execução, que foi feita com pistola 9mm.