Agora: Gustavo Sebba pede retirada de projeto que prevê venda de ações da Saneago

Quarto parlamentar a discursar no Pequeno Expediente da sessão plenária desta terça-feira, 5, Gustavo Sebba (PSDB) subiu à tribuna para pedir que o projeto de lei de nº 5920/19, de autoria do Governo, que prevê a venda de até 49% das ações da Saneago, seja retirado da pauta da Ordem do Dia.

O deputado disse ser contra a proposta porque a companhia de saneamento de Goiás é uma empresa superavitária, e que, só em 2018, deu lucro de R$ 115,7 milhões ao estado. Na perspectiva de Gustavo Sebba, os goianos terão enorme prejuízo se o projeto for aprovado pela Assembleia Legislativa.

Para o parlamentar, se a venda das ações for mesmo ocorrer, o valor arrecadado deverá ser 100% reinvestido na própria estatal; em saneamento para a sociedade. Gustavo Sebba ressaltou, ainda, que o governador Ronaldo Caiado (DEM) erra ao tentar arrecadar dinheiro para os cofres públicos com a proposta em questão e que uma alternativa para aumentar a arrecadação seria a volta da política de incentivos fiscais para atrair novas indústrias.