Bruno Peixoto anuncia que vai recorrer da liminar que suspendeu PEC da Educação

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Bruno Peixoto (MDB), anunciou que irá recorrer da liminar obtida pelo deputado Cláudio Meirelles (PTC) que suspender a PEC da Educação.

Peixoto garante que liminar será reformada porque não houve nenhuma ilegalidade na tramitação da matéria. Ele disse que tudo foi feito dentro do regimento interno da casa.

PEC reduziu em R$ 500 milhões a dotação do ensino básico da Secretaria de Educação com a inclusão dos 2% da UEG na vinculação constitucional de 25% da Educação.