CPI da Enel roda cidades goianas colhendo reclamações sobre prestação de serviço da empresa

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura irregularidades na prestação de serviços pela empresa italiana de distribuição de energia Enel, fará um giro em diversas cidades goianas, ouvindo as reclamações e demandas da população.

A comissão visitará, até meados de dezembro, 11 municípios goianos. A primeira parada será em Iporá, na próxima segunda-feira, 25. No dia 28 e 29 é a vez da população de Ipameri e Cristalina contribuir, informando sobre como anda o serviço de distribuição de energia elétrica na região.

Já no dia 3 de dezembro, o colegiado desembarca na cidade de Mineiros e, no dia 5, em Brasília, onde a CPI se reunirá com o presidente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepittone.

Seguindo o cronograma, no dia 10 de dezembro a comissão faz parada em Águas Lindas e Pires do Rio e, no dia 13, em São Luís de Montes Belos.

A última audiência pública da CPI da Enel, no interior do estado, está marcada para 16, 17 e 18 de dezembro, quando serão ouvidas as populações de Niquelândia, Minaçu e Goiatuba.

A CPI da Enel aprovou, em outubro, requerimento prorrogando os trabalhos da comissão por mais 60 dias. Com isso, a previsão é de que o relatório final seja entregue em março de 2020.