Primeira mulher a presidir a Asmego, Patrícia Carrijo toma posse nesta sexta-feira (31)

A juíza Patrícia Carrijo toma posse, nesta sexta-feira (31/1), como presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego). A juíza é a primeira mulher a assumir o cargo na entidade, que já tem 51 anos de existência. Ela foi eleita no dia 8 de dezembro junto à nova diretoria e ao conselho deliberativo da associação, para o biênio 2020/2021.

 O atual presidente da Asmego, juiz Wilton Müller Salomão, que geriu a entidade nos últimos quatro anos, fará a transmissão do cargo em solenidade na sede da associação, que contará com a presença de autoridades representativas dos três poderes em Goiás.

 “Mais do que nunca, é chegada a hora da representatividade da mulher na nossa associação. Sou um entusiasta dessa mudança e acredito que a Asmego estará em ótimas mãos”, afirma o presidente.

“A magistratura de Goiás em 2020 e 2021 será combativa e terá muita coragem em suas ações. Devemos ser valorizados e vamos lutar por isso”, sublinha Patrícia Carrrijo.