Juiz de Israelândia pede ao governo Caiado esclarecimentos sobre reparos do trecho interditado da GO-060

Antes de dar sentença em ação movida pelo Ministério Público, o juiz da comarca de Israelândia, Marcos Boechat Lopes Filho, deu prazo de 48 horas para Goianfra esclarecer quais as providências serão tomadas e o respectivo cronograma de execução das obras de reparo do bueiro do Km 168 da GO-060.

O magistrado, que fez visita ao local do bueiro rompido, também quer saber se obras de recuperação da G0-060, passando pelo perímetro urbano de Israelândia será executadas até Iporá, ou se encerrarão na altura do trevo para a cidade de Fazenda Nova, descumprindo contrato firmado com a empresa Rodocon.

Leia o trecho final do despacho do juiz de Israelândia: