Em meio a crise das aposentadorias, governo demite presidente do INSS

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, decidiu demitir nesta terça-feira (28) o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Renato Vieira. Quem ocupará o cargo será Leonardo Rolim, até então secretário de Previdência do Ministério da Economia.

Segundo Marinho, em conversa com Vieira, ele mesmo mostrou “disposição” em sair do INSS e se dedicar a projetos próprios. A demissão será publicada no Diário Oficial da União de quarta-feira (29/01/2020).

“Ano passado foi bastante intenso, esse ano será muito desafiador. O Renato acha que precisa se dedicar a seus projetos, e nós aceitamos sua demissão. Comunicamos ao [ministro da Economia] Paulo Guedes e [ao presidente da República Jair] Bolsonaro, e amanhã haverá consolidação desse ato, com indicação do seu substituto”, declarou Marinho.