Prefeitura de Anápolis não foi notificada sobre possível quarentena de repatriados da China na Base Aérea

A prefeitura de Anápolis ainda não foi informada oficialmente sobre o assunto. O Ministério da Defesa, por sua vez, também não confirmou a declaração do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que afirmou que existe sinalização muito forte para Anápolis receber o repatriados de Wuhan, na China, epicentro do coronavírus.

Lorenzoni justificou a possível escolha com alegando uma experiência semelhante em 1987, quando Anápolis abrigou pessoas contaminadas no acidente do Césio 137.

“Há uma sinalização muito forte para Anápolis, porque no período do Césio, lá atrás, foi uma área militar que trabalhou com essa coisa do isolamento, que é importante para não permitir eventualmente um escape de vírus. Eles já têm uma bagagem nessa área, mas não há nada definido”, explicou durante entrevista nesta segunda-feira (3)