Ex-governador e deputado Alcides Rodrigues é condenado por improbidade administrativa

O deputado federal e ex-governador Alcides Rodrigues (PRP) foi condenado por improbidade administrativa em ação proposta pelo Ministério Público Estadual. A juíza Zilmene Gomide da Silva Manzolli, 4ª Vara da Fazenda Pública Estadual, condenou o ex-governador improbidde dministrativa.

Alcides foi condenado por ter deixado de pagar a folha dos servidores de 2010, por um déficit de mais R$ 1 bilhão nas contas do Estado,  por ter deixado restos a pagar sem disponibilidade do caixa para o sucessor (Marconi Perillo), além de ter autorizado gastos com publicidade no último quadrimestre acima do percentual legal. Alcides foi governador de 2006 a 2010.

A juíza Zilmene condenou o deputado a perda dos direitos políticos por quatro anos , com consequente perda do mandato parlamentar, pagamento de multa civil de 90 vezes o valor da remuneração percebida (de deputado federal), proibição de contratação com o poder público, e de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário por três anos.

A decisão é do dia 28 de fevereiro e cabe recurso, que suspende a aplicação das penas.