Em vídeo, pastor Davi Passamani fala em adultério, pede desculpas e diz que não cometeu crime de assédio sexual

Em um vídeo de 12 minutos, postado em seu Instagram, o pastor e cantor Davi Passamani se pronunciou a respeito da acusação que sofre de assédio sexual. Ele é a principal liderança da igreja “A Casa”, em Goiânia. No vídeo, Davi chora o tempo todo e diz que recebeu apoio da família. Ele pede desculpas de uma maneira geral; sem especificar a garota que o acusou de assédio sexual. Passamani também afirma que não cometeu crime algum.

O vídeo já tem mais de 4 mil comentários e a maioria apoia o pastor. Uma jovem de Goiânia acusou Davi de assédio sexual. Ela frequentava a igreja e revelou que era assediada por mensagens e telefonemas do pastor.

Veja abaixo: