Fim de tarde com muita música e emoção em Aparecida de Goiânia

A música instrumental tomou conta das ruas e apartamentos do Condomínio Residencial Buriti Sereno em Aparecida de Goiânia na noite desta segunda-feira, 13. O concerto musical foi apresentado pela Banda Sinfônica de Aparecida, ligada ao Núcleo de Música da Secretaria de Educação, Cultura e Turismo e teve 40 minutos de duração.

As 832 famílias que residem no condomínio puderam apreciar os clássicos da música nacional e internacional de suas janelas, sem precisar sair de seus apartamentos. “Vivemos dias difíceis por conta do distanciamento social que a pandemia do novo Coronavírus causou.  Nosso objetivo foi o de promover um momento de lazer para as centenas de moradores do residencial, mesmo que de suas janelas”, comentou o maestro Francinaldo Rodrigues.

Dos 60 integrantes da Banda Sinfônica, apenas 14 participaram da apresentação evitando assim a aglomeração de pessoas num único lugar, conforme é recomendado pelas autoridades de Saúde. Entre os instrumentos usados no repertório musical estavam o sopro e a percussão, além de um eletrônico. De seus apartamentos, ou mesmo fora deles, os moradores aplaudiram e filmaram todo o concerto.

A senhora Ana Alves da Silva, moradora do residencial assistiu a apresentação de camarote e disse que gostou muito. “Eu estou ficando dentro de casa nesse período e a música no fim da tarde foi muito bom. Gostei muito de assistir a banda aqui da porta de casa”. “Esta foi a forma que encontramos de levar um pouco de cultura e passatempo para os moradores de Aparecida. E agora estamos vendo realizar esta apresentação em outros pontos”, pontuou o prefeito Gustavo Mendanha.

A Banda

Criada em 2016, a Banda Sinfônica de Aparecida de Goiânia é um dos projetos dirigidos pelo Núcleo de Música da Escola Municipal de Artes, ligada a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo (SMECT). É composta por 60 músicos que lidam com instrumentos de metais, percussão, madeiras, palhetas e instrumentos de corda. Nos dias comuns a banda reúne semanalmente para ensaios e apresentações, mas suspendeu a programação temporariamente devido ao decreto da quarentena.

Parte dos componentes é da própria Escola, os demais músicos são da comunidade aparecidense, com atuações em igrejas, associações e escolas.