AD

Com fama de coronel e ditador, Caiado vira cabo eleitoral tóxico na campanha municipal de 2020

Com a popularidade em queda acentuada e com a pecha de coronel pregada na testa, o governador Ronaldo Caiado (DEM) virou cabo eleitoral negativo na campanha eleitoral de 2020 para as prefeituras em Goiás.

O apoio de Caiado tornou-se tóxico e os postulantes a prefeito não querem o governador por perto, sob pena de contaminação política e derrota eleitoral.

No interior do estado, os candidatos estão correndo de Caiado como o diabo foge da cruz.