Depois do Pará, Goiás avalia contratar médicos cubanos, diz site

O site Brsil247 informa nesta segunda-feira (27) que o governador do Pará, Hélder Barbalho, contratou 86 médicos cubanos para trabalharem contra o coronavírus.
Até sábado (25), 50 deles já haviam começado a trabalhar. Os profissionais são os que permaneceram no Brasil e ainda não foram reinseridos no programa Mais Médicos.
Segundo o site, outros estados avaliam seguir o exemplo do Pará e contratar médicos cubanos, como Goiás, Bahia, Mato Grosso do Sul e Paraná.

O governo de Goiás não se manifestou sobre o assunto.