Caiado se silencia diante da denúncia de que liberou culto de igrejas contrariando especialistas

O goverador Ronaldo Caiado (DEM) se silenciou sobre a grave denúncia de que cedeu às pressões de pastores e liberou cultos evangélicos em Goiás, contrariado parecer da UFG e do Comitê de Combate à Covid-19.

O relato da liberação enviesada das igrejas foi feito pelo bispo Oídes do Carmo em culto na Assembleia de Deus de Campinas na manhã deste domingo (26) e publicado com destaque pelo jornal O Popular.

O falante Caiado não deu um pio até sobre o assunto.