Marcha à ré: Bolsonaro desiste de nomear Ramagem para PF e delegado retorna para Abin

O presidente Jair Bolsonaro desistiu de nomear o delegado Alexandre Ramagem para a diretoria-geral da Polícia Federal e editou decreto tornando sem efeito a nomeação e a exoneração de Ramagem da Agência Brasileira de Inteligência (A, que volta a ser comandada por ele.

A posse de Ramagem foi suspensa por decisão liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, na manhã desta quarta-feira, respondendo à ação impetrada pelo PDT.