AD

Depois de liberar até culto evangélico, Caiado quer multar quem não usar máscara

Depois de liberar até culto evangélico, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), quer endurecer regras para aqueles que descumprirem às orientações sanitárias do seu decreto, como o uso obrigatório de máscara protetiva.

“Eu tenho pedido que as pessoas usem máscaea. Se realmente as pessoas estiveremmuito resistentes, vamos implantar um sistema que não coloque em risco os outros, que prevê multa”,  afirmou.

A preocupação com o uso da máscara se deve a flexibilização das atividades industriais e comerciais.

Caiado liberou geral e agora o estado entrou em alerta vermelho ao registrar o menor índíce de isolamento do país.