Caiado teve superávit nas contas estaduais, mas não fez nada por incompetência

O superávit de mais de meio bilhão de reais que aparecece no Balanço Geral do Estado que o governador Ronaldo Caiado entregou ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) deixa claro que o governo teve folga financeira para ajudar os prefeitos e valorizar os servidores públicos, mas não fez nada por incompetência.

Os números relatados ao TCE por Caiado mostram que o governo tinha caixa para realizar a manutenção das rodovias estaduais e tocar obras fundamentais para o estado na Educação, como a reforma e construção de escolas, e na Saúde, concluindo os hospitais de Luziânia, Águas Lindas e Uruaçu.

Porém, Caiado não assentou um tijolo sequer no estado, recusou a auxiliar os municípios e retirou conquistas históricas do funcionalismo público.

Ou seja, o superávit é um flagrante atestado de incompetência de Caiado.

Uma pergunta que fica para o governador: se o goveno não fez nada, onde foi parar o meio bilhão do superávit do estado?