Lissauer articula retorno das atividades dos times de futebol em Goiás

Em entrevista à Bandeirantes 820 AM nesta segunda-feira (25), o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), afirmou que que está mediando diálogo de dirigentes das equipes do futebol goiano com o governador Ronaldo Caiado para a viabilização do retorno aos treinamentos.

“Nós temos trabalhado bastante juntamente com os presidentes dos clubes do futebol profissional goiano com relação ao retorno das atividades. Sabemos que os times do nosso estado estão sendo prejudicados por estarem parados por tanto tempo, mas entendemos também a necessidade do cumprimento dos protocolos de saúde. Por isso, estamos em diálogo com o governador para um possível retorno das atividades dos clubes, desde que esse retorno siga todos os cuidados necessários e orientações das nossas autoridades de saúde”, destacou Lissauer.

O chefe do Poder Legislativo ressaltou ainda que uma reunião entre o corpo diretivo dos clubes e o governador Ronaldo Caiado deve acontecer nesta semana para tratar do assunto. “O governador nos falou que ira chamar os presidentes dos times profissionais essa semana para uma conversa. Sabemos das demandas de cada equipe e acredito que teremos boas notícias nos próximos dias com relação à retomada dos treinamentos de cada clube”, disse.

Por fim, o presidente da Alego evidenciou a importância do futebol goiano para a economia e visibilidade do Estado de Goiás. “Nós torcemos para todos os times goianos. Vejo que quanto mais forte eles estiverem, melhor para o nosso estado porque além dar maior notoriedade, os clubes ainda contribuem para o fortalecimento da nossa economia. Temos o importantíssimo acesso do Atlético à série A e torcemos para que ele permaneça. Também temos o Goiás crescendo cada vez mais e estamos na torcida para que o Vila Nova retorne à série B e que, em breve, ele também possa chegar à séria A”, frisou Lissauer Vieira.

Suspensão das atividades na Alego

Durante a entrevista, o presidente do Poder Legislativo também falou a respeito da suspensão das atividades presenciais no prédio da Casa de Leis entre os dias 26 e 29 de maio. Segundo ele, a medida visa reforçar as ações de segurança e prevenção à Covid-19 adotadas pelo Parlamento goiano.

“Nós tivemos até o momento apenas um caso confirmado de coronavírus na Assembleia, no mês de março, e agora tivemos um caso suspeito no gabinete de um parlamentar. No entanto, a pessoa fez exame e deu negativo. Vamos suspender as atividades da Casa nessa semana para realizarmos procedimento de desinfecção e de higienização em todas as áreas e salas da Alego. Essa decisão faz parte da série das medidas preventivas que adotamos no âmbito do Poder Legislativo”, explicou.