Silêncio no Palácio: Caiado passa mais um dia sem comentar escândalo do áudio-bomba

O silêncio impera no Palácio das Esmeraldas quando o assunto é o CaiadoGATE. É mais um dia que termina sem que o governador comente o escândalo do áudio-bomba que derrubou o secretário de Segurança, Rodney Miranda. No áudio, o primo do governador, Jorjão Caiado, faz acusações graves contra Rodney. Diz que o ex-secretário grampeia telefones de autoridades goianas e ainda teria recebido dinheiro dos Bombeiros.

Rodney nega tudo e disse que vai processar o primo de Caiado. O governador, sempre falante nas redes sociais, se mantém calado.