Secretariado forasteiro fracassa e governo Caiado entra em crise

A equipe forasteira que o governador Ronaldo Caiado arregimentou para o governo de Goiás não deu conta do recado e começou a ser desmobilizada.

Os sinais de insatisfação de Caiado com a falta de resultados na gestão estadual são claros. Ademais, a incompetência agora resvala em denúncias de corrupção, como acaba de acontecer na secretaria de Segurança Pública (SSP).

Além do afastamento do capixaba Rodney Miranda da SSP, Caiado demitiu os forasteiros Fábio Camarota da secretaria-geral do Governo e José Roberto Leão da Agência Brasil Central (ABC).

Antes, exonerou Valéria Torres da secretaria de Comunicação, cujo atual titular, Marcos Silva, outro forasteiro ligado à Rede Record, também deve cair.

O governador também estaria descontente com o desempenho de Fátima Gavioli na Educação e Cristiane Schmidt na Economua., além da titular do Meio Ambiente, Andreia Vulcanis.