Marden Júnior afirma que meta é preservar conquistas e avançar rumo a novas realizações em Trindade

O pré-candidato  a prefeito de Trindadse, Marden Júnior, defendeu a união da base aliada “para jamais permitir a volta de um passado de mazelas em nosso munivípio”.

Para ele, é prioridade prosseguir com a “agenda positiva” de duas gestões do prefeito Jânio Darrot, “com mais obras e benefícios, inovação e ética”. Ele pregou “trabalho em dobro, perseverança, luta, humildade e muita fé”

Marden Júnior foi escolhido pela base aliada para a disputa da prefeitura de Trindade. Ele disse que o objetivo central do seu projeto político é “preservar as conquistas alcançadas nos dois mandatos do prefeito Jânio Darrot e avançar rumo a novas realizações”.

Marden Júnior destacou que o seu propósito é “convergir o máximo de partidos em torno de uma aliança ampla e sólida, um grande movimento para que nossa Trindade siga em frente com o seu desenvolvimento robusto e equilibrado, sem jamais permitir que o passado de mazelas volte ao nosso meio”.

Segundo ele, “com nossa unidade, não há passado que resista, porque nosso povo quer caminhar para frente, quer enxergar mais horizontes, quer o prosseguimento das boas práticas de gestão e, sobretudo, quer um governo que se mantenha fiel à ética e à probidade administrativa”.

O pré-candidato fez um balanço das realizações do prefeito Jânio Darrot em dois mandatos, um legado que classificou como “transformações históricas que mudaram para muito melhor a vida de todos”.  De acordo com sua análise, “lá se vão os tempos em que Trindade era manchete nos veículos de comunicação como uma cidade praticamente abandonada, com infraestrutura destruída, com grave vulnerabilidade social e seguidas denúncias de malversação dos recursos públicos”.

Ao enumerar realizações no setor de infraestrutura, Marden Júnior pontua que, com as obras recentemente entregues no Setor Maria Eduarda, “Trindade finalmente alcança o sonho e se torna um dos poucos municípios do país com 100% dos seus bairros pavimentados”. Agora, “os setores de chácaras também terão o benefício e será implantado até 1 milhão de metros quadrados de recapeamento asfáltico”. Na sequência, ele citou obras, em especial na saúde e educação.