Culpa de Caiado: Sindicato de Metalúrgicos prevê 500 demissões na montadora Mitsubishi em Catalão

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (Simecat), Carlos Albino, prevê demissão em massa em 60 dias na HPE, montadora da marca Mitsubishi, sediada no Distrito Mínero-Industrial de Catalão.

Alék dos problemas da pandemia, a HPE estaria insatisfeita com a política fiscal do governo Caiado.

Em março, a HPE paralisou a produção e promoveu acordos coletivos com seus colaboradores para segurar a onda da covid-19.

O retorno das atividades na montadora aconteceu no dia 1º junho e a montadora passou a produzir diariamente cerca de 10 carros ASX. Na linha das caminhonetes L.200, estão sendo produzidos por dia 6 veículos, porém, são veículos de frotas já encomendados em sua maioria são por órgãos governamentais.

Cerca de 400 funcionários ainda estão trabalhando em home office.

A informações foram publicadas no Blog do Badiinho, de Catalão.