AD

Prefeito de Ceres gera polêmica com distribuição em massa do “kit covid”

O prefeito de Ceres, Rafael Mello, autorizou a montagem e distribuição em mazssa de  kit composto com ivermectina, cloroquina e azitromicina, entre outros medicamentos.

Alguns prefeitos pelo Brasil afora tomaram a mesma media após uma entrevista do prefeito Cássio Habice Prado, de Porto Feliz/SP, que divulgou que estava distribuindo kit semelhante. Mesmo sem comprovação científica e sem comprovação cabal de cura os medicamentos estão sendo distribuídos.

 

 

Nas redes sociais há muitas críticas, algumas pesadas contra a medida adotada. Há também elogios, principalmente de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

As discussões suscitaram polêmicas: alguns internautas dizem que Ministério Público precisa agir e exigir estudos científicos com comprovação do resultado da medicação.

O kit é composto de hidroxicloroquina, azitromicina, enoxaparina, remédio para enjoo e anti-inflamatório, ao custo aproximado de R$ 40,00.

Em Porto Feliz/SP, o prefeito Cássio Habice Prado diz que desde começou a distribuir o kit, nenhum dos 1500 pacientes evoluiu para tubo, para respirador, para UTI ou para óbito.

Em Ceres o Prefeito Rafael Mello, replicou nas redes sociais reportagens positivas sobrw o uso do kit.