Deu cadeia pro gerente! Fundador da Ricardo Eletro é preso acusado de sonegação

O Ministério Público de Minas Gerais, a Receita Estadual e a Polícia Civil realizam nesta quarta-feira, 8, a operação “Direto Com o Dono” contra sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. Ricardo Nunes, fundador da rede Ricardo Eletro, foi e outros dois empresários são alvos.

Os 14 mandados de busca e apreensão e três de prisão são cumpridos em cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte e de São Paulo. De acordo com as autoridades, os empresários podem ter sonegado cerca de R$ 400 milhões nos últimos cinco anos.

Ricardo Nunes foi preso em São Paulo, enquanto os outros dois suspeitos foram detidos em Belo Horizonte.