Enquanto Goiás está perto de uma crise sem precedentes, o Brasil segue sem rumo

Enquanto Goiás está diante de uma crise política inédita, resultado do esfacelamento e suas principais lideranças, o Brasil se transformou em uma nação sem rumo, sem e sem direção, como resultado da bandalheira petista e de um presidente que, prestes a assumir, não tem nem de longe a compreensão da dimensão do país no cenário internacional.

Rainha da Inglaterra da equipe de transição de Caiado, Wilder não emplacou vaga no 1º escalão de Bolsonaro

Com a montagem da equipe de primeiro escalão do presidente eleito Jair Bolsonaro praticamente fechada, não restou lugar ao sol ao senador Wilder Morais (DEM), derrotado em Goiás no projeto de se reeleger ao Senado. Wilder insinuou-se o quanto pôde, montou comitê de apoio ao capitão em Goiás, posou de papagaio de pirata de Eduardo Bolsonaro e ainda teve Ronaldo Caiado como padrinho junto a Bolsonaro, mas as investidas não deram em nada.

Baldy será secretário de Transportes de Doria em São Paulo

O goiano Alexandre Baldy (PP), que hoje é ministro das Cidades no governo do presidente Michel Temer (MDB), foi confirmado para assumir a pasta de Transportes Metropolitanos no governo de João Dória (PSDB), à frente do Estado de São Paulo a partir de 2019.

Exclusivo: provável secretário de Segurança de Caiado ficou conhecido como “Rambo capixaba” pelas ações midiáticas

Cotado para a SSP-GO, Rodney Miranda, ex-delegado e ex-secretário de Segurança Pública de Espírito Santo, ficou conhecido como “Rambo capixaba” pelas ações midiáticas que desenvolveu naquele Estado, sem, porém, alcançar resultados concretos na lita pela queda dos índices de violência.

Exclusivo: provável secretário de Segurança de Caiado não reduziu violência no Espírito Santo. Taxa de homicídios na gestão Rodney foi a pior dos últimos 30 anos

As notícias não são boas para os goianos. O delegado aposentado, ex-deputado federal e ex-prefeito de Vila Velha (ES) Rodney Miranda deve ser o secretário de Segurança Pública de Ronaldo Caiado. Ele está em Goiânia nesta quarta-feira para reunião com a equipe caiadista de transição, segundo noticia o Twitter da jornalista Fabiana Pulcineli.

No RS, onde situação fiscal é dramática, governador eleito propõe convalidação de incentivos por mais 2 anos

O Rio Grande do Sul esteve no noticiário econômico dos últimos quatro anos como um dos Estados com a pior situação fiscal do País. A crise nas contas gaúchas, cuja gravidade está no mesmo patamar de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, levou ao comando do Palácio Piratini o jovem líder Eduardo Leite, do PSDB, que tem na bagagem política um mandato de vereador e outro de prefeito.

Em 1 ano como ministro, Baldy entrega 73 casas por dia em Goiás e 1,2 mil por dia no Brasil

O goiano Alexandre Baldy completa, nesta quinta-feira, (22), um ano no comando do Ministério das Cidades. Baldy foi responsável, neste período, por diversas conquistas na pasta, entre elas, a retomada de obras do maior programa habitacional do país, o Minha Casa, Minha Vida – Modalidades Urbana e Rural, e avanços significativos nas áreas de Habitação, Saneamento, Mobilidade Urbana e Trânsito. Somente na Habitação, foram entregues em média 1.200 unidades habitacionais por dia, no Brasil, e 73 diariamente em Goiás.

Caiado é o único governador eleito que ainda não indicou secretários e continua com a retórica vazia de campanha

O Goiás24 Horas saiu a campo, pesquisou e constatou que Ronaldo Caiado é o único governador eleito do País que ainda não indicou sequer um secretário e continua com a retórica vazia de campanha. Em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, para ficar em três exemplos mais significativos, os colegas do goiano avançaram muito.

Efeito Caiado: outras grandes empresas sinalizam intenção de abandonar ou não efetivar investimentos

O clima de incerteza criado pelo anúncio do senador e governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) de mudar o projeto de lei de convalidação dos incentivos fiscais para aumentar a arrecadação abriu de vez a temporada de debandada de empresas de Goiás. Desde a semana passada, investidores com contratos praticamente fechados com o Governo de Goiás, por meio do Produzir, comunicaram que vão aguardar o desfecho da votação da convalidação na Assembleia Legislativa.

Enquanto Caiado ameaça os incentivos fiscais, Minas, DF e Santa Catarina avançam em mais benefícios para atrair indústrias

Influenciado por técnicos da Sefaz que são contrários à atual política de incentivos fiscais, Ronaldo Caiado lança um névoa de incertezas e insegurança na economia do Estado, ameaçando promover mudanças profundas no modelo de atração de empresas. É muito preocupante o assunto.

Caiado procura, convida, mas não acha nomes de peso para compor o secretariado

Ronaldo Caiado enfrenta dificuldades para a formação da equipe de auxiliares que o ajudará a governar Goiás a partir de janeiro próximo. Ele quer montar um time de peso, com renome nacional para dar visibilidade à gestão dele em todo o país. O sonho é este, mas a realidade é dura e não permite ao governador eleito realizá-lo.

Painel: Baldy pode continuar como ministro no governo de Bolsonaro

A coluna Painel, da Folha de S.Paulo, informa que o goiano Alexandre Baldy (PP) é cotado para permanecer como ministro no futuro governo de Jair Bolsonaro. Atualmente, Baldy é ministro das Cidades e, discretamente, vem trabalhando para permanecer na Esplanada. O texto afirma que líderes do Congresso sugeriram a Bolsonaro que Baldy seja mentido porque o ministro seria “polivalente”, pois tem linha com a cúpula do PP e é muito próximo do DEM.

Engole o choro, Caiado! Bolsonaro fechou as torneiras de Brasília para Goiás

O senador e governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) foi a Brasília, ao Rio de Janeiro, fez convite para cavalgada, tietou, mas não adiantou. A resposta do presidente eleito Jair Bolsonaro é claro: com problemas de toda ordem e tamanho para resolver, ele vai priorizar o relacionamento com os grandes Estados, onde estão os maiores colégios eleitorais do País, e Goiás não verá um tostão do Planalto.

PF prende mais uma vez Joesley Batista, irmão de Júnior Friboi e filho pródigo de Anápolis

Joesley Batista, o filho pródigo de Anápolis e dono do maior grupo de processamento de proteína animal do mundo (a J & F), foi preso pela segunda vez na manhã desta sexta-feira, por agentes da Polícia Federal. Segundo a PF, a JBS (empresa que também tem no quadro de sócios o nosso amigo Júnior Friboi, irmão de Joesley) teria pago R$ 7 milhões por ações em troca de atos no ministério da Agricultura que beneficiassem a empresa, entre outros delitos. 

Exclusivo: Caiado articula com equipe de Bolsonaro para não pagar aumento ao Judiciário de Goiás

O senador e governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) entrou no circuito nesta quinta-feira para barrar o aumento para juízes e desembargadores de Goiás. As magistraturas dos Estados e do Distrito Federal poderão ter seus vencimentos reajustados como decorrência da aprovação do aumento concedido para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), aprovado ontem pelo Senado.

Baldy lança CRLV Digital nesta sexta-feira, em Goiânia

A partir da próxima semana, os motoristas do estado de Goiás poderão acessar, no celular, o seu Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, o CRLV Digital. O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, participa da solenidade de lançamento da tecnologia nesta sexta-feira (9), no Palácio das Esmeraldas. O Detran Goiás é o quarto a implantar a tecnologia.

Bolsonaro anuncia mais um nome e já são 6 ministros. Caiado continua sem confirmar nenhum secretário

O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou na quarta-feira que a deputada federal Tereza Cristina (DEM) irá comandar o Ministério da Agricultura. Com a confirmação de Cristina, já são seis ministros anunciados pelo novo presidente. Enquanto isso, aqui em Goiás, o governador eleito Ronaldo Caiado continua sem anunciar um nome sequer para seu futuro secretariado.