AD

Caiado sinaliza que não aceitará que Goinfra licite novos radares e instale indústria da multa em Goiás 

Parece que, enfim, o governador Ronaldo Caiado (DEM) resolveu usar de sua autoridade e cumprir um de seus principais compromissos de campanha.

Em post no perfil que mantém no Twitter, Caiado afirmou que não irá permitir a implantação da indústria da multa em Goiás.

O Goiás24Horas prestou mais um serviço a população goiana ao denunciar a licitação que a Goinfra está tentando realizar para aumentar o número de radares e lombadas de 270 para 841 nas rodovias goianas.

O certame, segundo comentários de funcionários do órgão, estaria direcionado para uma empresa do sul do país

Agindo a tempo e com firmeza, Caiado sugere no Twitter intenção de cancelar a licitação, que prevê, repita-se, um quantitativo de radares e lombadas mais de 200% superior ao hoje existente nas rodovias estaduais.

Se a licitação emplacar, será a institucionalização da indústria da multa em Goiás.

O 24Horas é crítico implacável das ações equivocadas do governador Ronaldo Caiado.

Se ele disse no Twitter que colocou fim na indústria da multa, reduziu o número de acidentes com vítimas fatais e gerou economia de quase R$ 35 milhões aos goianos, logo não vai admitir que a Goinfra realize a licitação para aumentar os radares com gastos extras de R$ 115 milhões com equipamentos nas estradas,

Caso se confirme o que ele antecipou, vamos aplaudi-lo em nome dos milhares de usuários das rodovias goianas.

Leia o post de Caiado no Twitter: