BAFÃO Apontada como pivô da saída do Mister do Flamengo, advogada desabafa: “Estou sendo caluniada e agredida”

Na  busca da explicação para provável saída de Jorge Jesus do Flamengo, uma jovem e bonita advogada está pagando o pato: Ana Paula Belinger.

O conselheiro e candidato a presidente do Flamengo, em 2018, José Carlos Peruano, gravou vídeo ‘revelando’ que Ana Paula seria a razão da volta de Jesus a Portugal.

Sem prova alguma, Peruano garantiu que o treinador teria um caso extraconjugal com a brasileira e a esposa de Jesus, Ivone, que mora em Lisboa, teria descoberto. Para salvar seu casamento, o treinador optou por abandonar o clube.

“Essa mulher vai tirar o Jorge Jesus do Flamengo”, disse Peruano com todas as letras, jogando a suposta amante contra a maior torcida do Brasil.

Logo as redes sociais ficaram infestadas de fotos de Jorge Jesus com Ana Paula Belinger, advogada do treinador no Brasil. Até mesmo de almoço ao lado do jornalista da Fox Sports, Mauro Naves.

Ana Paula se defendeu nas redes sociais. Mas massacre continua. Sem prova alguma de que os dois tenham relacionamento amoroso. Bastaram as imagens dela ao lado do técnico. A vida da advogada virou um ‘inferno’.

Ela publicou um desabafo nas redes sociais:

“Nas últimas 24 horas, eu venho sendo covardemente agredida e caluniada nas redes sociais. Por um momento eu pensei em bloquear meu Instagram, encerrar minhas contas nas redes sociais, mas eu pensei em quantas mulheres são violentadas diariamente, não só fisicamente, mas moralmente também.

E eu decidi que o meu Instagram e todas as minhas redes ficarão públicas, como elas sempre foram, porque eu quero que a nossa sociedade perceba o quanto a gente ainda é machista.

O quanto uma mulher como eu, que trabalha, que é independente e quer sim ter o seu lugar no mundo é subjugada. Eu não vou permitir isso. Não vou me acovardar como essas pessoas que têm me agredido têm feito.”

Na Gávea, ninguém acredita neste suposto triângulo amoroso.

Tudo seria maldade, oportunismo da oposição política do clube.

Mas o massacre da advogada pelos fanáticos da torcida continua nas redes sociais.